Tilt-Shift da Lucas de Oliveira – Não é maquete!

A nova tendência e febre é a linguagem visual Tilt-Shift. Uma linguagem que transforma o que é real em maquete. Na verdade “engana”o olho. Assim como em alguns anos atrás surgiu o “trompe l oeil” (“engana o olho” – termo em francês) nos mostravam pinturas que pareciam ser realidade. Agora o Tilt-Shift nos leva através do caminho oposto: o real parecendo irreal. As características são simples e básicas pra quem trabalha com imagem. Você pode usar uma lente especial, montar uma ou proceder assim em softwares de manipulação de imagem (ex. Photoshop) ou vídeo. Como eu não possuo câmera ou lentes profissionais (apenas uma câmera semi-pro) resolvi manualmente. Explico como fiz:

Primeiro temos um desfoque periférico, somente o que está bem ao centro tem foco – isto remete à fotos tiradas em modo “macro” nas câmeras. Como as fotos que se tiram de miniaturas, de objetos muito pequenos ou com uma aproximação de centímetros ou milímetros da lente.

Segundo temos um alto contraste. As cores são vivas, assim como todos os brinquedos e produtos produzidos artificialmente. A luz artificial também traz este resultado.

Agora em terceiro lugar temos outro detalhe que alguns artistas não utilizam: há um leve tom escurecido radialmente gradual ao se afastar do centro. Assim como o foco, quanto mais longe dele (foco – centro e assunto da foto) mais escuro e mais fora de foco será. Porém o foco tem uma diferença gritante, ao passo que o tom mais escuro é muito suave. Não é obrigatório para o efeito, auxilia em alguns casos.

Além disto temos um quarto e último ponto que podemos resumir esta técnica: no caso de vídeo, além de todos estes passos ainda temos que ter uma reprodução não linear. Como não sou do ramo do vídeo, não saberei explicar de forma tecnicamente clara.

Aqui coloco 2 imagens que fiz em Porto Alegre, na Lucas de Oliveira. A primeira sem efeito e sem tratamento nenhum (tirada com máquina portátil). A segunda com efeitos e tratamento dado no Photoshop.

Mais sobre isto na sequência.

Caso seja interessante posso passar umas dicas num próximo post.

+info

LPM/designer


Lucas de Oliveira – nov/09 – Porto Alegre / RS (sem efeito)


Lucas de Oliveira – nov/09 – Porto Alegre / RS (COM efeito)


Imagem da internet [+info]

Vídeo do YouTube [+info]

Vídeo do YouTube

Anúncios

2 comentários sobre “Tilt-Shift da Lucas de Oliveira – Não é maquete!

    • Eee, Luciano!
      Prazer te ver por aqui!
      Não importa ser antigo, o que importa é esta troca de informações e rever os amigos.

      Legal teus links, muito bom hein? Vou dar uma brincada neles depois. Os meus eu fiz na velha forma chamada de “mão grande” – ou “fiz no braço”! Old fashion way.

      Grande abraço e aparece!

      LPM/designer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s