BRIEFING, o que é e como fazer um

criatividade

Briefing é a peça chave de toda criação. Principalmente quando se fala de publicidade e design. Para toda criação é necessário que tenha em mente o foco, o target, o alvo. Vamos objetivar trabalhando em cima do design, mais especificamente (porém nem tanto, né?). Vou fazer um esforço para não canalizar uma área do design. Todos podem seguir estas regras, seja design de interiores, design de produto, webdesign, design gráfico, design em suas múltiplas facetas e aplicações.

O que é um BRIEFING?

Briefing é o conjunto de perguntas previamente determinadas para a composição de diretrizes que irão nortear a criação do produto/serviço solicitado. Briefing é o conjunto de perguntas que ajudarão a cercar o problema do cliente a ponto de conseguires perceber exatamente o que o cliente deseja, o que o cliente espera, os resultados que podem ser atingidos, ferramentas/linguagem que deve ser empregados.

Portanto Briefing é essencial antes mesmo de qualquer pesquisa, antes de qualquer tipo de envolvimento ou empenho em cima do problema. É o pontapé inicial da partida. Ninguém ganha jogo antes do apito inicial do juiz, o gol só vale dentro do tempo regulamentar. Mas alguém pode dizer: “Eu acho que se ganha a partida antes mesmo do começo, dependendo das estratégias e posturas, o jogo já pode começar em vantagem, não é verdade?” – e eu digo: é verdade. Portanto faça desta estratégia preliminar a criação do melhor briefing que puderes.

briefing_1_2_3

Andei fazendo uma pesquisa faz algum tempo, lembro de ver uma entrevista com Peter L Phillips (é um especialista reconhecido internacionalmente no desenvolvimento de estratégias de gestão empresarial concepção e programas)  que relatou ao Conselho do Design de Londres estatísticas de mega empresários amigos dele, onde um relatou que um briefing bem preparado reduz cerca de 15% o tempo de criação e acerto. Outro, porém, disse que um briefing consistente pode reduzir até 50% do tempo de acerto. Eu acho realmente que estes números fazem parte de uma estatística que trabalha com médias. Ou seja, muitas vezes o tempo pode ser menor que 50%, mas pra elevar esta média, significa que muitas vezes este número ultrapassam os 50%.

Neste mesmo material falava em não economizar. Listar o maior número de perguntas possíveis. Tinha um número que me me chamou a atenção: um briefing bem elaborado têm no mínimo 20 páginas. Pode? Claro. Minhas pesquisas não chegaram tão longe (ainda) mas Deus pode fazer com que eu chegue no impossível. Digo isso porque os meus não passavam de 3 páginas. Eu sei que deveria estar com verginha de falar isso, mas serve pra mim encarar os fatos e tomar a decisão de evoluir. Mas sempre lembre, não é para “encher linguiça” – é para reunir o maior número possíves de perguntas úteis, inteligentes, perguntas que irão te dar respostas práticas. Perguntas diretas e subjetivas.

309438_4473

Quanto as peguntas, como reunir as que te levem à respostas que precisas? Boa, isso é o tendão de aquiles. Aqui é que está o grande abismo onde uma única ponde de corda e madeiras enfileiradas, uma a uma, lado a lado, poderão te levar ao outro lado. Claro que nunca achei uma resposta exata, é tudo muito amplo, relativo e pessoal. Pense nas perguntas, pense nas respostas, e sempre se coloque no posto do cliente. Faça perguntas para pessoas de fora, tipo irmão, irmã, marido, namorada, mãe, amigo, sei lá. Elas poderão te dar uma noção de quão consistente você estará sendo. Claro que deves dar uma breve introdução. Caso esteja em dúvida entre uma ou outra pergunta, is not a big deal, sem problemas – tire a pergunta ou mantenha – tanto faz. Não é porque tem uma ou outra tábua quebrada no meio da ponte que impedirá você de atravessar, não é mesmo? O problema é se tiveres um conjunto de perguntas que não te trazem respostas claras. Da mesma forma que terás um buraco em sua ponte, terás um buraco onde sua criatividade poderá escapar. Isso pode significar um erro de percurso, consequentemente uma reprovação do seu trabalho final.

Colhi um material muito interessante, pesquisei e por muito tempo batalhei para criar um “modelo” onde pudesse disponibilizar a todos, além de ser um grande exercício pra mim. Mas tudo começou a ficar tão grande, não via o fim, parecia que a cada vez que atravessava uma porta, existia um novo universo a desbravar. Portanto não tenho nenhuma fórmula mágica ou roteiro pronto. O que posso dizer é que meus briefings têm perguntas específicas e variáveis. Específicas são aquelas que dão uma resposta direta e clara e se repetem de cliente para cliente, de peça para peça. Por outro lado, as variáveis são subjetivas, mudam conforme o cliente, conforme o trabalho ou conforme a resposta que desejo obter. Por exemplo: Específica – Existe alguma cor ou conjunto de cores pré-definidas para este material? – veja como ela pode migrar para qualquer cliente, para qualquer trabalho (na minha área pelo menos). Variável – Defina a faixa etária do público-alvo masculino: – Podemos perceber que esta pergunta pode ser totalmente desnecessária para a criação de um logotipo de uma empresa de telefonia, agora essencial para a criação de uma embalagem de preservativos, ou comercial de cerveja ou bebida em geral.

Bem, fico por aqui. Espero que tenha ajudado. Deixem comentários e links pra blogs interessantes em Design. Vai fomentar minha imaginação e trazer conteúdos cada vez melhores.

Abraço a todos.

LPM/designer

About these ads

31 responses to this post.

  1. Posted by Eduardo on 12/07/2009 at 1:14 pm

    Olá Luiz,
    vc poderia me passar esse “modelo” de briefing? Dependendo do setor, com certeza as perguntas mudam, mas ajudaria muito ver quais são as perguntas basicas de seus questionarios!!! Vc tem acesso ao meu email? não?!
    abç e obrigaado

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 13/07/2009 at 2:30 pm

      Eduardo, tenho seu email. Obrigado pelo comentário, vou te ajudar no possível. Grande abraço.

      LPM/Designer

      Resposta

  2. Posted by Elisa on 19/08/2009 at 3:37 pm

    Oi Luiz,
    Adorei o site, muito inspirador saber das experiencias de profissionais com mais experiencia na area e de mercado. Eu estou começando o curso agora ( tecnico em design de interiores – Senac ) e me deparei com meu primeiro projeto e por consequencia meu primeiro briefing, confesso que estou bastante perdida na escolha das perguntas e agradeceria imensamente se vc pudesse me passar o seu modelo de briefing, para ter uma base.

    Obrigada e PARABÉNS pelo site!!!
    bjos

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 19/08/2009 at 4:03 pm

      Elisa, não existe modelo. Mas posso te indicar um link que pode te ajudar. É um livro que tem o que precisas. Dê uma folhada online, se puderes, compre, pois vai ser extremamente útil pra vc no futuro.
      Link: http://issuu.com/editorablucher/docs/issuu_briefing_isbn9788521204381?mode=embed&documentId=090130140122-a66e10f6e92342e29761615b673bbe4d&layout=grey&layout=http://www.blucher.com.br/layout.xml
      ou: http://www.blucher.com.br/livro.asp?Codlivro=04381

      Mas o que posso dizer é que deves ir pensando de uma forma macro e depois vá afinando. Por exemplo: 1 – O que o cliente quer? 2 – O que o cliente precisa? 3 – O que eu preciso? Depois vá afinando: 1a – O que o cliente quer com este trabalho? 1b – O que o cliente quer de retorno com este trabalho? 2a – O que o cliente precisa pra suprir as deficiências dele? 2b – O que o cliente precisa pra atingir novas áreas de mercado? 3a – O que eu preciso de informações para a o pessoal da criação? 3b – O que eu preciso pra atingir as expectativas do cliente? …vá afinando até que terás uma lista. Alguns destes tópicos podem cair fora. Mas cada trabalho, cada cliente exigem informações diferenciadas. Esta é uma fórmula pra criação de briefing, mas pesquise pois exitem formas mais dinâmicas. Lembre que um bom briefing demora pra ser criado mas poupa metade do tempo de criação do job.

      Espero que ajude.
      Me mantenha atualizado, o que mais posso ajura, ok?
      Boa sorte.

      LPM/designer

      Resposta

      • Posted by Flávia Damatta on 27/05/2010 at 10:37 pm

        Ola, Gostaria mto q vc me enviasse um modelo de Briefing,
        se for possivel, para projeto de interiores
        o meu e-mail é flavia_damatta@hotmail.com
        Obrigada!!!

      • Posted by luizpmonteiro on 29/05/2010 at 1:53 pm

        Flávia, um briefing é algo complexo e específico, lhe aconselho que leias o livro que indiquei no post que vai te ajudar muito. Não tenho “modelos” prontos, mesmo porque não sou designer de interiores, sou designer gráfico.
        Obrigado pelo comentário e apareça.

        LPM/designer

  3. […] atividade do dia 13 e  do dia 20 será centrada na elaboração de uma ilustração utilizando um Briefing como […]

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 09/04/2010 at 8:04 am

      Legal usares como divulgação este post.
      Espero que dê retorno.

      Abraço e apareça.

      LPM/designer

      Resposta

  4. […] 23 e 30 (aulas de sexta-feira) será centrada na elaboração de uma ilustração utilizando um Briefing como […]

    Resposta

  5. Posted by Erisangela on 17/05/2010 at 11:06 am

    Bom dia….

    Sou aluna de Designer de Interiores, estou no segundo período, tenho um trabalho final de Perspectiva e a professora nos solicitou um Briefing do perfil do cliente. O trabalho consiste em modificar uma planta baixa e adequarmos ao perfil de um cliente que devemos escolher.
    Peço a gentileza q me envie um modelo de briefing para desinger de interiores.
    Obrigado….

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 19/05/2010 at 6:06 pm

      Erisângela, se perceberes, no meu post tem a indicação de um livro especializado. Vale a pena investir. Não tenho um modelo específico, depende do trabalho e da área.
      Pena não poder te ajudar.

      Boa sorte.

      LPM/designer

      Resposta

  6. Posted by Isadora alves on 02/06/2010 at 4:59 pm

    Oi, Luiz Monteiro!

    Adorei as dicas. Eu gostaria muito de ver um modelo de Briefing na área de design de interiores. Estou precisando. Quero seguir essa área.

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 04/06/2010 at 10:46 am

      Oi Isadora.

      Se você leu meu post, deve ter visto o livro que indiquei. Acho que é uma boa dica. Infelizmente não tenho este “modelo” para design de interiores.
      Abraços.

      LPM/designer

      Resposta

  7. Posted by Gabrielle Bernardes Dias on 30/07/2010 at 9:30 am

    Olá, amei a sua publicação, mas tem como voce me passar por e-mail um exemplo de Briefing, sou aluna de Design de Interiores, estou no começo ainda…
    Obrigada e Parabéns!

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 03/08/2010 at 11:10 am

      Desculpe-me, mas não sou designer de interior. E não tem um modelo mágico que possa te passar. Compre este livro que falo no post que vai te ajudar muito.

      Abraços e obrigado pelo comentário.

      LPM/design

      Resposta

  8. Posted by karen Cristina on 22/10/2010 at 12:28 pm

    Olá Adorei seu post realmente muito bom. Você teria um modelo de assessoria de eventos ou de casamento . Obrigado

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 08/11/2010 at 8:14 am

      Karen, tudo bem?

      Modelo não tenho, mas podemos elaborar algum trabalho neste sentido.
      Entre no site LPMdesign.com e entre em contato comigo.

      Abraços.
      LPM/design

      Resposta

  9. Posted by Renata on 03/11/2010 at 10:41 am

    Olá!!!
    Gostaria de um modelo BRIEFING, tem como mandar para o meu e-mail??
    Agradeço muito,
    Abraço

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 08/11/2010 at 8:11 am

      Oi Renata, tudo bem?

      Se leste o Post, ele dá a dica de um livro para montares o seu briefing ideal.
      Boa sorte!

      LPM/design

      Resposta

  10. Posted by Patricia on 12/01/2011 at 8:26 am

    Olá,
    estou meio perdida de como montar um briefing para a organização de um evento, já tiquei alguns topicos relevantes que eu não posso esquecer mas queria deixar de um modo mais formal com cara de briefing mesmo, tem como voce me ajudar ?
    abraço

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 23/01/2011 at 10:08 am

      Oi Patrícia.

      Esta não é minha área, mas o livro que indiquei no post talvez lhe ajude.

      Abraços,

      LPM/design

      Resposta

  11. Posted by JULIANA GUERREIRO on 24/01/2011 at 11:50 am

    Boa tarde, tenho formação técnica pela Panamericana, gostaria de receber um exemplo de briefing.

    Gostei do seu site.

    Obrigada

    Resposta

    • Posted by luizpmonteiro on 24/01/2011 at 4:06 pm

      Oi Juliana, obrigado pelo comentário e elogios.

      Na verdade o post foi sobre o livro e a importância de um briefing. Não sou expert e não poderei te ajudar neste assunto específico. Boa sorte na sua busca!

      Abraços,

      LPM/design

      Resposta

  12. Olá,

    você poderia me mandar o modelo de biefing para design de interiores? Ficaria muito grata. Muito interessante….

    email: geusapresentes@gmail.com

    Resposta

  13. […] feira) e 26 (terça -feira) será centrada na elaboração de uma ilustração utilizando um Briefing como […]

    Resposta

  14. Desculpe, mas eu não resisto: a todos que ficaram pedindo modelos de briefings por Luiz, criem vergonha na cara. Se vocês não souberem a finalidade de um briefing e nem como criar um, vocês NÃO VÃO SE BENEFICIAR EM NADA. Eu acho uma droga o tipo de pessoa que tenta achar uma solução fácil apra tudo nas costas dos outros, achando que alguém vai te passar uma fórmula mágica de como melhorar o seu trabalho.

    Vão ler seus (veto do blog).

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: